grapholita molesta
mariposa oriental / Grapholita molesta

Ovo: Os ovos são muito pequenos, arredondados e de cor branco-acinzentada, difíceis de serem encontrados nas plantas. São depositados na face inferior das folhas novas, de brotações próximas às axilas, nos ramos novos e também nos frutos. A fase de ovo tem duração de 3 a 4 dias.

Lagarta: As lagartas possuem coloração branco-acinzentada e cabeça preta, são muito ativas, caminham pela planta à procura de ramos ou frutos, onde, ao penetrar, iniciam a construção de galerias. As lagartas podem medir até 14 mm e adquirem coloração rosada quando bem desenvolvidas. O período larval dura em média de 10 (verão) a 30 dias (outono).

Pupa: Ao fim da fase larval, a lagarta faz um orifício de saída por ramos ou frutos e , com um fio de seda, atinge o local onde passará a pupa. A pupa é protegida por um casulo de teia. Esse período atinge de 7 a 14 dias no verão e de 17 a 51 dias no inverno.

Adulto: O adulto é um microlepidóptero de cerca de 12 mm de envergadura por 7 mm de comprimento apresentando coloração cinza e manchas escuras nas asas anteriores. Possui atividades de migração, alimentação, acasalamento e postura entre os horários de 17 às 22 horas. A fêmea vive de 10 a 15 dias e colocando cerca de 40 a 80 ovos. No inverno, entra em diapausa como pupa. O número de gerações anuais é de 6 a 8, e sobre o pessegueiro provavelmente, desenvolvem-se de 5 a 6 gerações/safra.

Danos e Prejuízos

Após a eclosão a lagarta procura um broto onde ali penetra. A penetração ocorre principalmente na área da base do fruto, próximo à cavidade peduncular, formando uma galeria em direção ao seu centro, em torno do caroço, de 2 a 10 cm de comprimento. Uma lagarta alimenta-se de três a sete ramos da mesma planta, geralmente vizinhos. Normalmente, observa-se uma só lagarta por fruto. A galeria resultante da alimentação da lagarta contém excrementos que são ligados entre si por uma teia. Essa é uma característica indicativa do ataque da lagarta de grafolita em pêssego, distinguindo-se perfeitamente do dano causado pela larva da mosca-da-fruta. A mariposa oriental ou grafolita é uma das principais pragas da cultura do pessegueiro, provocando perdas de produção da ordem de 3 a 5%, principalmente em cultivares tardias.